fbpx

O sedentarismo e o impacto na sua saúde mental

Setembro é conhecido como o mês da prevenção ao suícidio e é claro que não poderíamos deixar de falar sobre esse assunto, afinal falar não é um incentivo e sim a solução para diminuir os casos. Além de conversar sobre isso, também é importante enfatizar o quanto o sedentarismo pode ser um fator para influenciar na sua saúde mental.  

Todos os anos, são registrados cerca de 12 mil suicídios no Brasil e mais de um milhão ao redor do mundo, de acordo com a ABP (Associação Brasileira de Psiquiatria). Dentre as principais causas, estão doenças como a depressão, transtornos de ansiedade, esquizofrenia e distúrbios por uso de drogas lícitas e ilícitas. 

Muitos acham que a única opção para reverter um quadro depressivo são os medicamentos. Porém, há diversos estudos que provam que a prática regular de exercícios físicos e uma alimentação saudável também podem ajudar a diminuir o nível de estresse e ansiedade e regular hormônios relacionados a estas condições. 

Benefícios da atividade física para a saúde mental

Com o avanço da tecnologia, o estilo de vida não é tão ativo quanto no passado. Com isso, doenças que se agravam com o sedentarismo afetam grande parte da população. 

Além de essenciais para o bom funcionamento do organismo, diminuindo os riscos para hipertensão e outras doenças cardiovasculares, os exercícios físicos contribuem para o bem-estar emocional.

À medida em que a pessoa pratica atividade física, passa a movimentar todos os sistemas, como o endócrino, que é responsável por liberar dois hormônios essenciais: a endorfina e a dopamina, apresentando influência direta sobre o humor das pessoas. Andar, correr, pedalar, nadar, de preferência em locais abertos, trazem inúmeros benefícios, como aumento de energia, motivação, diminuição da raiva, da tensão e da confusão mental.

No geral, esses tipos de atividades exigem foco na execução, o que acaba por desviar a atenção dos sentimentos que causam preocupações, estresse e ansiedade.

Apoie essa causa também!

Agora que você já conhece os impactos da prática de atividades físicas na saúde mental, contribua para a conscientização do Setembro Amarelo e divida essas informações com amigos, familiares e conhecidos e não deixe de manter os seus exames e atividades físicas em dia. 

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Outros posts